sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

D&D 30 Day Challenge - #Dia16

Continuando com a temática "monstros", hoje vamos a uma categoria que abrange alguns dos monstros mais icônicos do D&D. Abram alas para nossos esquisitos favoritos!

#Dia 16 - Monstro favorito (aberração) 

Aberrações são os "alienígenas" do D&D, os seres exóticos do jogo, e vão desde monstros que se parecem com objetos (mímicos) até uma massa flutuante de tentáculos e olhos que soltam raios (alô, beholder!). Fiquei em dúvida entre duas criaturas, mas, por fim, me decidi pelos bizarros devoradores de mente (mind flayers ou Illithid). 




Já falei um pouquinho sobre eles no desafio 12, mas vamos explicar estes seres abomináveis. Bem, devoradores de mente basicamente... devoram mentes. São seres inteligentes e extremamente cruéis que comem cérebros literal e metaforicamente. Por terem poderes telepáticos e dominarem cabecinhas como ninguém, geralmente andam por aí com um ou dois escravos. Eles vivem no subterrâneo e o que acho mais interessante é que, apesar de serem sedentos por poder, formam uma comunidade coesa em torno do elder brain. O que seria o elder brain? Aaaah... melhor você ver por si mesmo... 

Não. Me. Pergunte. 
Na verdade, o elder brain é a junção de todos os cérebros dos devoradores de mentes mortos na comunidade. E essa coisa esquisita é tipo o rei dos mind flayers. Saca só a descrição maravilhosa: 

"The elder brain lives in a brine filled pool in the centre of a mind flayer city, where it guides its community by filling them with dark dreams of illithid domination" (O cérebro ancião vive em uma piscina cheia de salmoura no centro de uma cidade de devoradores de mente, onde guia sua comunidade enchendo suas cabeças de sonhos obscuros sobre a dominação - do mundo, supõe-se - pelos Illithids). HAHAHAHAHAHAHA, gente, quer bicho mais esquisito? "Dark dreams of domination", posso até ouvir as risadas malévolas. Imagine risadas malévolas dadas por tentáculos. Flawlakadkwwgghun!

Enfim. Quando existe algum problema que ameace os Illithids, eles se juntam em cultos ou inquisições e trabalham de tentáculos dados até resolver o problema. Não fica mais bizarro e melhor do que isso, gente. Acho que os mind flayers podem dar excelentes vilões e são ótimos se você quer dar aquele toque de esquisito/perturbador na campanha. Porque até o D&D merece sua dose de Cthulhu!

Verdadeiro desespero quando isso acontece. 

4 comentários:

  1. Eu estava em dúvida entre devoradores de mente e beholders, mas lendo o post, creio que escolho os Illithids como favoritos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uhu!! Te convenci!

      ...

      Pensando bem, que conquista bizarra da minha parte.

      Excluir
  2. BRAINS!!! NHAM, NHAM^^

    Minhas aberrações favoritas também são os devoradores de mente! Que medo!!!

    Beijos da Amanda^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. BRAAAAAAAAAAAAAINS!

      MEDO mesmo, Amanda! Eles me dão arrepios! Eu, hein!

      Beijos (sem tentáculos!)

      Excluir

Olá, comentários são sempre bem vindos! No entanto, postagens com linguajar muito chulo, caráter ofensivo ou preconceituoso (e todas estas coisas que pessoas adultas são plenamente capazes de evitar) serão apagadas. Trolls, só na mesa de jogo. Obrigada :).