sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

D&D 30 Day Challenge - #Dia3

E aqui estamos para mais um dia do 30 Day Challenge de Dungeons and Dragons. Hoje vamos falar sobre... CLASSES!

#Dia 3 - Classe jogável favorita

Essa é fácil. Mas, antes de revelar minha classe favorita, vamos falar um pouco sobre as classes básicas do D&D. "Classes" são caminhos que você pode escolher... algo parecido com as profissões que nós exercemos no mundo sem-graça real. No livro do jogador do D&D temos 12 classes (na 5 edição): o guerreiro (autoexplicativo, certo?), o bárbaro (guerreiro tipo "Conan"), o clérigo (sacerdote de algum deus que cura e afasta mortos-vivos), o paladino (guerreiro "sagrado", honrado, tipo um cavaleiro de ouro de Athena, podendo estar ou não ligado a alguma divindade, força, etc.), o ranger (espécie de batedor, o carinha que rastreia as coisas, o "Aragorn"), o druida (abraçador de árvores alguém com uma ligação forte com a natureza, quase um sacerdote dela), o mago (autoexplicativo de novo), o feiticeiro (alguém que lida com magia de maneira natural, não precisando estudá-la, ao contrário do mago), o bruxo (cara doido que faz pactos e solta magia também), o bardo (gente que canta, empolga os amigos, conhece de tudo um pouco... o menestrel), o ladino (um "ladrão"? Pessoa ágil, que desarma armadilhas, bate carteira, espiona... tem vários arquétipos possíveis) e o monge (guerreiro que luta desarmado, estudante de artes marciais, conhecedor dos elementos, etc.). 

Bem, sendo que eu gosto de música, de histórias, de falar e de interpretar... minha classe favorita é óbvia, não? Ainda assim, vamos aplaudir os maravilhosos BARDOS!

Esta barda meio Esmeralda ♥o♥
Eu nem preciso explicar o nível de "awesome" dos bardos, né? Gente que inspira através de canções, gente que gosta de contar e ouvir histórias... olha, lembro até hoje de ter feito um balor (capeta grandão) dançar com uma magia (aaaah, "dança irresistível de Otto"...) jogando com uma barda. Sim, os bardos soltam magia. Eles são uma classe versátil que faz de tudo um pouco (até curam). Muita gente fugia da classe na terceira edição por ser fraca... realmente, o bardo ficava bem meh em termos estatísticos, mas eu sempre conseguia me divertir com a classe. Porque eu gosto de interpretar, gente, e que classe melhor para isso? Cantar na taverna, saber uma informação obscura sobre aquele rei ambíguo da cidade que a gente tem que invadir, conhecer as lendas sobre a floresta élfica abandonada... ah, não tem preço.

Bardo: pode até não conseguir matar o dragão, mas blefando direitinho consegue convencer todo mundo do contrário.

Bom, mas posso fazer uma menção honrosa para meu segundo lugar? Eu também AMO clérigos. É minha segunda classe favorita, porque eles curam, dão arrego para todo mundo, espantam a escuridão e expulsam os mortos-vivos. E eles usam mantos e símbolos sagrados e tem toda uma coisa mística-religiosa que me atrai muito. O mais legal é que existem várias divindades e cada uma delas vai ter um tipo de clero diferente. Pode haver aqueles mais voltados ao combate, outros mais voltados à cura, outros que queiram caçar criaturas da noite... enfim... dá para fazer muita coisa legal. 

Pois é. Não à toa, quando fui escrever meu primeiro livrinho (de novo...), eu fiz com que duas personagens principais fossem bardas. Além disso, o irmão de uma delas era um clérigo. Fica bem claro que eu curto as classes, né? 

Elora, barda, prazer

Valenia, barda também, prazer
                                                      
Myron, clérigo, prazer de novo.
Por hoje é isso, leitores lendários. E vocês, que classes curtem? 

4 comentários:

  1. Gosto muito de guerreiros e paladinos, mas creio que minha classe favorita é o Ranger, especialmente em edições mais antigas do D&D, em que ele passava muito bem aquele "ar de Aragorn".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também adoro rangers, Odin, você sabe! Preciso fazer uma ranger de novo... saudades da Nara ♥

      Excluir
  2. Deve ser complexo de nanica fraquinha, mas eu sempre gostei de jogar bárbaras ^^

    Porém, minha classe favorita é o ranger, porque eles combinam super bem com meio elfos, a raça que mais gosto! Adoro a figura da ranger arqueira com linces ou lobos companheiros animais!

    Beijos da Amanda^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amanda, a gente já jogou com duas meninas que adoravam fazer bárbaras (uma delas é a Angela!) Ambas são magras e pequenas! Eu, por outro lado, sempre faço minhas personagens mais baixas porque acho que fica bem mais gracioso! Tenho o complexo da alta desengonçada XD!

      Também ADORO rangers. São minha terceira classe favorita! Combinam mesmo com meio-elfos (e bardos também) e minhas duas rangers eram arqueiras! Uma tinha uma pantera e a outra, um lobo ♥

      Excluir

Olá, comentários são sempre bem vindos! No entanto, postagens com linguajar muito chulo, caráter ofensivo ou preconceituoso (e todas estas coisas que pessoas adultas são plenamente capazes de evitar) serão apagadas. Trolls, só na mesa de jogo. Obrigada :).